Telemedicina

O Alpha Centro Médico pode te auxiliar nas suas consultas com a Telemedicina

Faça suas consultas por vídeo com nossos excelentes médicos e continue cuidando da sua saúde sem sair de casa. Tudo com a mesma qualidade que você já conhece e por um preço que você pode pagar!

 

Agende pelo WhatsApp

Verifique os seguintes itens antes da consulta por Telemedicina

  • Estar em um lugar sem barulho e onde não será interrompido;
  • Ter boa iluminação;
  • Conexão estável de internet;
  • Conferir se a câmera e o microfone do seu dispositivo (computador, notebook, celular, etc) estão funcionando corretamente;
  • Dê preferência para o uso de fone de ouvido na chamada;
  • Permitir receber notificações por e-mail ou WhatsApp para receber o link de acesso a plataforma de vídeo médico;
  • O retorno com o médico não está incluso no valor.
  • Não atende menores de 18 anos sem o responsável;
  • Não atende urgência e emergência.

Telemedicina para o COVID -19

A Telemedicina, ou vídeo orientação médica também é direcionada para pacientes com quadro de sinais e sintomas de gripe ou resfriado e suspeita de infecção pelo Coronavírus (COVID-19).

Alguns sintomas e critérios avaliados na consulta por vídeo são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Coriza
  • Dor de garganta;
  • Contato próximo com suspeito ou caso confirmado de Coronavírus (COVID-19) nos últimos 14 dias.

Esse procedimento não é recomendado para os seguintes sintomas:

  • Dificuldade de respirar
  • Dor no peito
  • Tontura
  • Coração acelerado

Nos sintomas acima, procurar um Pronto Atendimento / Socorro ou Hospital.

Ministério da Saúde regulamenta telemedicina durante pandemia

23 de março de 2020, 19h30
 
O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União a Portaria Nº 467, que regulamenta atendimentos médicos à distância.

A liberação da telemedicina será válida apenas durante a pandemia do coronavírus. Segundo o governo, a medida visa a reduzir a propagação da Covid-19.

A modalidade poderá ser usada para atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico tanto em atendimentos do Sistema Único de Saúde como da rede privada.

O texto determina que todas as consultas deverão ser obrigatoriamente registradas em prontuário clínico com indicação de data, hora, tecnologia da informação e comunicação utilizadas, além do número do Conselho Regional Profissional do médico e sua unidade da federação.

Os médicos também estão autorizados a emitir atestados ou receitas desde que assinem os documentos eletronicamente.
 

Quer saber como cuidar melhor da saúde?

Cadastre seu email e receba gratuitamente nosso material com dicas para manter a sua saúde em dia.

Atendimento

-

Menu